CULTURA

Este programa é formado por atividades voltadas para a transformação social por meio do desenvolvimento e difusão das artes, do conhecimento e da formação dos agentes culturais, respeitando a dinâmica social ao fomentar a tradição, preservação e inovação. Sendo assim, compreende-se no Regional que a consolidação da missão institucional requer uma reflexão conjunta e o amplo debate, para a sistematização das práticas vivenciadas em cada realidade na qual o Sesc atua, como sugere a Política Cultural (SESC, 2015). Logo, com sua presença, abrangência, permeabilidade e capilaridade, a instituição através de uma construção reflexiva, crítica e criativa, atua com as linhas norteadoras produção, criação/experimentação, diálogo e infraestrutura.

Em 2017, o trabalho será desenvolvido através de uma série de projetos organizados em uma matriz original e por linguagens (artes cênicas, artes visuais, música, literatura, audiovisual e biblioteca), fortalecendo-se, assim, a interdisciplinaridade.

Projetos:


Programação:

Informação do Evento:

  • qua
    08
    ago
    2018
    dom
    12
    ago
    2018

    Mostra de Cinema - O lobo à espreita

    Cine Vitória

    08/08 (quarta-feira)

    Sessão 1 - 14h - O SÉTIMO SELO, 96 min, 1956 - 12 anos
    Mediação: Mauro Luciano - Professor de Audiovisual da UFS

    Sessão 2 - 17h - MORANGOS SILVESTRES 93 min - 1957 - 10 anos
    Mediação: Romero Venancio - Professor Doutor do Departamento de Filosofia da UFS


    09/08 (quinta-feira)

    Sessão 3 - 14h - PERSONA, 81 min, 1966 - 18 anos

    Sessão 4 - 17h - A HORA DO LOBO, 90 min, 1968 - 18 anos

    Sessão 5 - 19h - VERGONHA, 104 min, 1968 – 16 anos


    10/08 (sexta-feira)

    Sessão 6 - 14h - FACE A FACE, 130 min, 1976 – 16 anos

    Sessão 7 - 17h - SONATA DE OUTONO, 99 min, 1978– 14 anos

    Mediação: Suyene Correia - Professora de Audiovisual da UFS


    11/08 (sábado)

    Sessão 8 - 14h – FANNY E ALEXANDER - 188 min, 1982 - 14 anos


    12/08 (domingo)

    Sessão 9 - 14h – NA PRESENÇA DE UM PALHAÇO - 118 min, 1997 – 14 anos


    Serviço Social do Comércio (Sesc) é uma instituição de prestação de serviços de caráter socioeducativo que promove o bem-estar dentro das áreas de Educação, Saúde, Cultura, Lazer e Assistência com o objetivo de contribuir para a melhoria de vida de seu público e facilitar seu aprimoramento cultural e profissional. Dentre as diversificadas áreas de atuação do Sesc, a cultura se caracteriza como democrático disseminador de conhecimento, importante ferramenta para a educação e transformação da sociedade, levada ao público de grandes e pequenas cidades por meio de itinerância de espetáculos, exposições e mostras de cinema.

    Nesse cenário, a mostra de cinema O Lobo à Espreita – Uma Homenagem ao Centenário de Ingmar Bergman exibe nove filmes dirigidos pelo diretor de cinema sueco: O sétimo selo (1956), Morangos silvestres (1957), Persona (1966), A hora do lobo (1968), Vergonha (1968), Face a face (1976), Sonata de outono (1978), Fanny e Alexander (1982) e Na presença de um palhaço (1997) são os títulos que compõem a mostra. No panorama do cinema mundial, Ingmar Bergman influenciou mais do que foi influenciado.

    Seu estilo é inconfundível, marcante: diálogos densos, câmera que penetra rostos e os revelam, em especial os das mulheres. As atrizes foram suas grandes estrelas, e para elas dedicou personagens extremamente sensíveis e eloquentes. Em 2018 comemoramos o centenário de nascimento de Ingmar Bergman, e o Sesc não poderia deixar de lembrar deste que foi um dos grandes ícones não só do cinema como da cultura mundial do século 20.