Sesc e Segrase firmam parceria para estímulo à leitura de autores sergipanos


Por Márcio Rocha

Foi assinado na manhã de ontem um convênio entre o Sistema Fecomércio-Sesc e a autarquia estadual Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase), o qual celebra uma parceria entre as instituições para o desenvolvimento da leitura de autores sergipanos pelo público frequentador do Serviço Social do Comércio. A assinatura foi firmada pelo presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, e pelo presidente da Segrase, Ricardo Roriz.

O convênio promoveu a doação de 364 exemplares de livros publicados pela Editora Diário Oficial do Estado de Sergipe (Edise), para o Sesc, que irá disponibilizá-los para leitura em suas sete unidades bibliotecárias. A intenção do convênio é facilitar o acesso ao público das obras literárias e de cunho científico produzidas pela editora estatal.

Laércio Oliveira valorizou a importância do convênio, destacando que é fundamental fazer com que o público sergipano conheça mais seus autores e amplie a sua bagagem cultural.

“Firmamos um convênio muito importante com a Segrase, pois temos em nossa estrutura cinco bibliotecas fixas e duas unidades móveis, que têm uma grande procura por parte do público. Colocar à disposição os livros de autores sergipanos, produzidos pela Edise é muito importante para a difusão de nossa cultura, ampliando o conhecimento sobre o conteúdo local, que possui grande riqueza cultural literária.  Vamos trabalhar em nossas unidades para estimular à leitura entre o público que utiliza nossas bibliotecas, para que as pessoas possam ter uma introspecção na nossa literatura e conheçam melhor os grandes trabalhos dos autores sergipanos”, disse Laércio.

Já o presidente da Segrase, Ricardo Roriz, destacou que o convênio com o sistema será de muita valia para a gráfica, pois as unidades de bibliotecas do Sesc são muito procuradas pelo público de todas as idades.

“Celebrar essa parceria é muito importante para nós, pois temos a missão de expandir o conhecimento dos autores sergipanos para o público local. Com a atuação do Sesc, chegaremos mais longe, pois é um instrumento de grande penetração junto ao público e importante para a difusão das nossas publicações para a população”, comentou o presidente da Segrase.

Também ficou destacado no documento que a cada obra impressa pela Edise, oito cópias serão direcionadas para as unidades do Sesc no estado. Além disso, as unidades também receberão as edições da revista “Cumbuca”, publicação cultural impressa em ritmo trimestral da editora estatal.

Participaram da solenidade, a diretora Regional do Sesc, Adely Carneiro, o representante da