Exposição Fim de Linha abre a programação anual da Galeria Sesc


O Sesc lançou na noite de ontem, 27/02, a exposição Fim de Linha, dos artistas Cláudia Nên, Crec Leão, John Eldon, Marcos Almeida, Poliana Deus, Tiago Oliveira, Vilma Rebouças e Wendel Salvador. A mostra é o resultado do projeto nacional “Confluências: artes visuais em intercâmbio”, iniciado em setembro do ano passado, com a publicação do edital que norteou os procedimentos para a inscrição e seleção de propostas.

A programação do Confluências, ao longo dos últimos meses, contou com encontros formativos e experimentais, diálogos sobre circuitos independentes, processos criativos e laboratório de experimentações da arte contemporânea nas artes visuais. Para a realização desse trabalho foram contratados pelo Sesc palestrantes e oficineiros.

Segundo a técnica em artes visuais da Galeria de Arte do Sesc, Vanderléa Cardoso, com a realização do Confluências e da exposição coletiva, fruto da concepção dos oitos artistas que participaram do projeto durante o ano de 2017, a instituição evidencia o seu papel fomentador da cena artística local e valoriza aquela que é uma das maiores virtudes da arte, a sua vocação para o diálogo.

Dentre as diversificadas áreas de atuação do Sesc, a cultura se caracteriza como democrático disseminador de conhecimento, importante ferramenta para a educação e transformação da sociedade, levada ao público de grandes e pequenas cidades por meio da itinerância de espetáculos, exposições, mostras de cinema, apresentações musicais, encontros literários, entre outras ações.

De acordo com o artista plástico, Antônio Cruz, mediador da primeira etapa do Confluências em Sergipe, além de possibilitar o livre acesso aos movimentos culturais nas artes visuais, nas artes cênicas, na literatura, na música e no audiovisual, o Sesc incentiva a produção artística, investindo em espaço e estrutura para apresentações e exposições, promovendo acima de tudo a formação e qualificação de um público que habita os quatro cantos do Brasil”, enfatizou Cruz.

A exposição Fim de Linha ficará em cartaz até 22 de março, na Galeria de Arte do Sesc, aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 12 às 20h.