Sescanção, a noite memorável da música sergipana


O Ginásio Charles Moritz recebeu na noite de quarta-feira (14), a maior noite da música sergipana, com as apresentações dos oito classificados para a final do Sescanção, mostra sergipana de música, que levaram um grande público ao êxtase, com sua musicalidade e performance no palco.

A final da competição aconteceu com a participação de mais de 500 convidados que ouviram uma mistura sonora composta pelos mais variados ritmos, apresentada pelos finalistas que deram o seu melhor para alcançar a premiação destinada para os três primeiros colocados da mostra de música. As apresentações aconteceram com uma grande interação do público, que cantava com seus artistas preferidos, ecoando as músicas apresentadas por nomes conhecidos e novos talentos da música sergipana.

Se apresentaram no palco do Sescanção Banda Donali, Forró Brasa Viva, Jeca, Julico, Laressa Abreu, Mileide Silva, Pedro Luan e Neu Fontes, alternando suas performances durante as quatro horas do espetáculo musical promovido pelo Sistema Fecomércio, realizado pelo Sesc. O presidente do Sistema Fecomércio, Laércio Oliveira, valorizou o Sescanção e destacou que o retorno ao formado de competição valorizou mais a qualidade artística do evento.

“O Sescanção estimulou os músicos a engajarem-se ainda mais na participação da mostra. Quem veio, veio com vontade de vencer e conquistar a premiação oferecida pela Fecomércio. O Sescanção é um espaço democrático onde todos podem se inscrever gratuitamente e colocar suas produções para apreciação de uma comissão com conceituada formação musical. Aqui não há preferência, todos participam com as mesmas condições. Qualquer ritmo e estilo é acolhido. Além disso, melhorou muito o ambiente, pois o público acompanhou seus artistas favoritos, cantando junto e participando do show em todos os momentos. Essa foi nossa melhor edição do Sescanção e deixa um gosto de quero mais para o ano que vem, que será ainda melhor”, disse Laércio Oliveira.

Conforme as apresentações dos artistas sergipanos iam acontecendo, o público ajudou fazia a sua parte não somente acompanhando a performance dos cantores e músicos, mas escolhendo qual foi o melhor da noite em sua opinião, por meio de votação na internet, que ajudou a definir o grande personagem da memorável noite de espetáculos.

Mais de 20 mil votos foram registrados, considerando os apoiadores de cada artista, o público presente e as pessoas que acompanharam a transmissão do Sescanção pelas redes sociais e pela Rádio Web Agência Comércio, que transmitiu integralmente todos os shows dos finalistas.

A transmissão do Sescanção feita pela equipe da Agência Comércio foi um capítulo à parte, pois foi uma iniciativa pioneira do Sistema Fecomércio em abraçar o projeto com toda a equipe, mostrando para o público os bastidores e o sentimento dos espectadores durante a noite das apresentações finais. Por meio da transmissão, o voto dos internautas foi valorizado e ajudou na decisão final que escolheu a cantora gospel Mileide Silva, como a grande vencedora da noite. A cantora Jeca ficou em segundo lugar e o cantor Pedro Luan foi o terceiro colocado.

Mileide Silva, a vencedora do Sescanção, destacou-se por sua grande potência vocal, que surpreendeu a todos os presentes no ginásio Charles Moritz, Jeca conseguiu chamar a atenção do público e dos jurados com sua interpretação perfeita para as canções apresentadas. Já Pedro Luan também fez bonito e colocou o público para cantar e dançar durante seu show. A vencedora agradeceu o apoio do público e comemorou a conquista do primeiro lugar.

“Não tenho palavras para agradecer a Deus por essa vitória. Em todas as situações em que canto, dedico a honra e glória a Ele. Deus seja louvado, seja exaltado. Agradeço ao Sescanção pela oportunidade. Me sinto orgulhosa por conseguir essa vitória. Muito obrigada pelo Sescanção, que abre oportunidades para os talentos da música, para os artistas sergipanos”, disse a jovem cantora.

Foram apresentados ritmos nordestinos, a exemplo do arrasta pé, baião e forró, bem como outras vertentes musicais, como bolero, funk soul e até elementos de pasodoble, além do pop rock e ritmos regionais. O presidente do Sistema Fecomércio valorizou a diversidade musical apresentada pelos artistas.

“A beleza da arte também está aí, na pluralidade e nas diferenças. Hoje apresentamos instrumental, regional, gospel, foi um passeio sonoro por vários estilos, letras, melodias e interpretações”, afirmou.

A noite também foi de homenagens e nessa edição à cantora, compositora, musicista e atriz Joésia Ramos. Ela recebeu do Sistema Fecomércio/Sesc o reconhecimento especial pelo conjunto de sua obra, que muito tem enriquecido o patrimônio cultural do Estado. O coordenador do Sescanção, colaborador do Sesc, psicólogo, professor e músico Fábio Oliveira, também foi homenageado pela instituição em reconhecimento a sua primorosa atuação junto aos projetos desenvolvidos pelo Departamento Regional do Sesc na área de música, além de sua carreira musical fortalecida nos últimos anos.

Sob a regência do maestro Gledson Souza a Orquestra Jovem do Sesc prestou homenagem a Joésia, executando uma de suas composições acompanhada pela cantora. Fábio também recebeu o carinho dos colegas e de seu irmão Rafael Júnior que se juntou ao grupo para tocar Snoozer Bass Blues, composta pelo maestro Moisés Santos, especialmente para homenageá-lo.